[Coluna] Variedades – Vastidão Celestial, por Edson Luiz Pocahi

homem-universo (1)

Vastidão Celestial

Você já parou para pensar no que há do outro lado do universo? O mais romântico pensaria em quantos mistérios existiriam, quantos planetas com vida e em como seria essa vida. O mais racional olharia para esse lado do universo e pensaria que do outro lado seria igual, porque nossa imaginação fértil sempre pensará que aonde não alcançamos pode ocorrer muita coisa diferente, pode nos trazer muitas surpresas.

 O que eu acho sobre isso? Quem está certo ou errado? O romântico em imaginar que do outro lado do universo tudo pode ser mágico, ou o racional, que pensa que o universo é todo parecido? Eu não sei de nada! Mas, para não ficar em cima do muro, fico com o racional, de que o universo é todo parecido, como acredito que a lei da gravidade funciona da mesma maneira deste lado do universo como do outro.

Mas, sabe o que eu acho de verdade? É que nós seres humanos, com esses telescópios gigantes nas montanhas e nos desertos, só conseguimos supor, apenas criar hipóteses. No nosso próprio sistema solar, há muitos mistérios ainda indecifráveis para a ciência.

Você sabe de onde vem a energia que lhe dá força para dar um passo? De onde vem a energia que faz florescer a vida vegetal? Do sol! Acompanhe o ciclo. A grama absorve a energia do sol, o boi come essa grama e absorve parte dessa energia da grama para ele, e nós ao comer um suculento churrasco, absorvemos parte dessa energia do boi, que veio da grama, que veio do sol. Como nós não possuímos um organismos capaz de absorver a energia do sol diretamente, como as plantas, nós a absorvemos indiretamente.

Ora! Se a energia da vida vem do sol (nossa estrela), como não existir vida em outros planetas? Se há cerca de 250 bilhões de outras estrelas espalhadas só na nossa galáxia? E sabe-se lá quantos planetas orbitando essas estrelas e absorvendo toda essa energia?

Há vida, e não é pouca! Há muita vida em nosso universo, há muitos seres inteligentes, muito mais inteligentes que nós, se é que podemos nos chamar de inteligentes enquanto nos matamos uns aos outros e arrasamos com o nosso planeta!

Os governos escondem muitas coisas sobre isso. E chegará um dia que isso não será mais possível. Esse será um novo passo ao futuro da humanidade, e tomara, torço por isso, que quando isso ocorrer, as pessoas, governos, entidades, empresas, todo o mundo, entenda que a vida é muito mais que o nosso mundinho cotidiano, e que cairá a ficha que todos estamos morando juntos, em uma enorme espaçonave no universo chamada Planeta Terra, e que todos os humanos são irmãos, não importando qual o país que se tenha nascido, ou a cor da sua pele, o que importará de verdade é que todos somos terráqueos, e assim, não haverá mais motivos mais para rancor, preconceito e guerras.

Quem sabe esse dia chegue. Nesse dia, ficará provado que Deus, que a Vida, que o Universo, ou como você queira chamar esse milagre, é muito maior que nós, e que o homem não é de fato criado a sua imagem e semelhança, mas sim, que fazemos parte de uma irmandade galáctica, todos frutos desse milagre chamado vida, um grãozinho de  areia na vestidão celestial, mais ainda assim, seres amados e únicos!

Edson Luiz Pocahi

Escritor, Filósofo, Consultor, Empreendedor

http://edsonluizpocahi.net

https://facebook.com/escritor.EdsonLuizPocahi

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *