[Coluna] Nas Entrelinhas – Eternamente…, por Ricardo Biazotto

Eternamente…
Ricardo Biazotto

E a cada vez que você me ouvir,
você vai sentir toda intensidade.
E finalmente vai poder dizer,
que você soube viver, um amor de verdade.
Amor de Verdade – Paulo Ricardo

Um sorriso de felicidade se estampa em minha face ao admirar a serenidade de seu olhar e perceber que encontrei em você tudo o que sempre quis.

Não sei como chegamos até aqui, mas também não vejo como conhecer os percalços do nosso encontro inesperado pode ser mais significante que escrever ao seu lado estes que são apenas os primeiros capítulos de nossa história. E não haveria maneira melhor de começar a história de pessoas das letras, senão vivenciando-a através de nossas palavras de amor e cumplicidade.

Se as letras nos apresentaram, elas também nos levaram ao maior encontro de nossas vidas e hoje estar ao seu lado me leva ao que sempre desejei: o amor. E foi esse o sentimento despertado em meu peito nos dois primeiros dias em que passamos juntos, nos conhecendo melhor e ainda sem imaginar aonde o acaso nos levaria com o passar do tempo. Sem imaginar, tampouco, que todo o carinho e o cuidado que tive por você, uma visitante ilustre em minha terrinha adorada, seria transformado no mais puro sentimento que cabe no coração de um homem.

E cá estamos, frente a frente, colocando um ponto final na distância que nos manteve afastados por estas semanas que separaram os nossos encontros e selando, com um beijo apaixonado, toda a história que se iniciou, em definitivo, neste exato instante, com o tocar de nossas peles.

Sentir o gosto de sua boca era o que faltava para perceber o quanto esse amor estava destinado a acontecer, em seu devido tempo, sem a pressa de um adolescente em êxtase pelo primeiro amor. E mesmo sendo este o primeiro dos nossos beijos, o meu coração parece conhecer cada traço de seus lábios, como se os conhecesse de outras vidas; como se os conhecesse dos mundos dos nossos sonhos.

Afinal, foram os sonhos que vivemos a cada noite que nos trouxeram até aqui; foram os sonhos de todas noites que nos levaram ao encontro da felicidade, dando a certeza de que seríamos transformados em um único ser com a união de nossos corpos.

Não por menos que, ao ser aquecido pelo calor de sua pele, percebo que isso era tudo o que me faltava para chegar ao paraíso. Estando no lugar em que sempre quis estar, me delicio com o seu gosto, me inebriando com o perfume de sua pele, ao mesmo tempo em que envolvo meus braços em seu corpo e digo a mim mesmo que nada fará eu desistir deste paraíso que é a sua existência.

— Assim começa a maior história das nossas vidas. Você aceita colocá-la no papel?

— Apenas se você aceitar vivenciar a doçura de um verdadeiro amor.

— Se for por todo o sempre e sempre, claro que eu aceito! Quando começamos?

— Logo após isso…

Nossos lábios se encontraram mais uma vez, repetindo os gestos que fariam parte de nossas vidas a partir daquele instante.

Eternamente…

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *